Revista Colóquio - Administração & Ciência, Vol. 1, No 1 (2011)

Tamanho da fonte:  Menor  Médio  Maior

PADRÃO DE COMÉRCIO DOS ESTADOS BRASILEIROS: UMA APLICAÇÃO DO MODELO DE HECKSCHER - OHLIN

Fábio Chaves Nobre, Washington Sales do Monte

Resumo


O objetivo desta pesquisa é mostrar como os estados brasileiros comercializam seus produtos com o resto do mundo. A fundamentação teórica vem do teorema de Heckscher-Ohlin, teoria que pressupõe que um país ou região tende a se especializar na produção de bens cujo fator de produção mais abundante é utilizado mais intensivamente. Avaliou-se o padrão de comércio de 15 produtos da pesquisa industrial anual - PIA e foi constatado que grande parte da produção depende do fator de produção capital humano. Então, os estados brasileiros que detêm este fator de produção em abundância, deverão concentrar sua produção nos produtos que utilizam este fator intensivamente. Desta forma, este estado terá competitividade internacional. O mesmo raciocínio pode ser aplicado na variável força de trabalho, pois os estados nacionais que detêm este fator em abundância, deverão se concentrar na produção de produtos que utilizem este fator de produção intensivamente.


Texto Completo: PDF